Seu navegador está desatualizado!

Atualize o seu navegador para uma melhor visualização do site. Atualizar agora!

X

22º

Caxias do Sul

Aberto até

21h

Podemos dizer que uma das moléculas "da hora" é a vitamina D. Novas descobertas têm demonstrado que ela tem uma papel importantíssimo, não restrito apenas a saúde óssea como se pensava anteriormente.
 
 
Por muitos ela é considerada mais do que uma vitamina, quem sabe até um hormônio, vista a sua interação com diversos órgãos e sistemas do nosso corpo.
Recentes estudos demonstram que a Vitamina D tem um papel muito importante diminuindo a resistência insulinica quando em níveis normais. Dessa forma, as taxas plasmáticas de glicose aumentam nos indivíduos diabéticos e progressivamente a doença se agrava quando a vitamina D está diminuída. Por isso é que o seu monitoramento e suplementação é importante em pacientes com diabete mellitus. Pela mesma razão ela pode estar relacionada ao desenvolvimento da obesidade (pela resistência  insulinica). Além disso, os baixos níveis de vitamina D parecem estar relacionados ao desequilíbrio dos núcleos da fome e da saciedade no hipotálamo também predispondo a obesidade, mas essas informações ainda são preliminares.
Novas pesquisa têm demonstrado associação em baixos níveis de vitamina D e esclerose multipla. E uma das vertentes de tratamento vem sendo  o uso da vitamina D em altas doses, com resultados promissores. 
 
A vitamida D é obtida principalmente através da luz solar.
 
Estudos ainda preliminares tem associado diminuição dos níveis de vitamina D com baixa imunidade e desenvolvimento de alguns tipos de câncer, mas essas ainda são informações preliminares.
É importante ressaltar que mesmo morando em um "país tropical" as estimativas sugerem que metade da população seja deficiente ou insuficiente em vitamina D, o que pode ser contornado facilmente com cuidados alimentares e reposição se necessário, especialmente  pessoas com risco aumentado  como crianças, idosos, obesos e gestantes. Na sua próxima consulta peça ao seu médico monitorar a sua vitamina D.

Deixe o seu comentário