Seu navegador está desatualizado!

Atualize o seu navegador para uma melhor visualização do site. Atualizar agora!

X

22º

Caxias do Sul

Aberto até

21h

Até bem pouco tempo, para quem procurava emagrecer, era recomendada a prática de atividades aeróbicas como único meio para se alcançar tal objetivo. Hoje se sabe que qualquer tipo de atividade física que proporcione ao organismo a quebra do estado de repouso gerando gasto calórico, irá emagrecer.  Estudos mais atuais apontam uma nova tendência para quem busca o emagrecimento: o treinamento com pesos.

Imagem: http://www.alexandrelevangelista.com.br

O principal determinante do processo de emagrecimento é o balanço calórico negativo, ou seja, um gasto calórico maior que a ingestão calórica. Outro fator não menos importante que proporciona o emagrecimento é o aumento da Taxa Metabólica Basal (TMB), que significa o mínimo de energia necessária para manter as funções vitais do organismo durante o repouso.  Uma TMB baixa utiliza menos energia, facilitando a recuperação da gordura perdida. O aumento da TMB torna-se necessário tanto para a redução como para a manutenção do peso corporal.

Para que ocorra a elevação da TMB, é necessário que ocorra um aumento na massa magra, e a melhor maneira de se conseguir este aumento, é através do treinamento com pesos. Além de proporcionar o aumento da massa magra, o treinamento com pesos promove um aumento na produção dos hormônios de crescimento e testosterona, que são classificados como emagrecedores por mobilizarem gordura para a produção de energia.

Imagem: http://www.centauro.com.br

A grande diferença entre os exercícios aeróbicos e o treinamento com pesos no que se refere ao controle ponderal, é que nos exercícios aeróbicos, a mobilização da gordura ocorre durante a atividade física, enquanto o treinamento com pesos propicia o emagrecimento no período pós-exercício, onde o organismo continua queimando calorias por algumas horas, mesmo em repouso. Este último, ainda tem como vantagem, um maior aumento da massa magra. É importante ressaltar que existe uma diferença marcante entre emagrecimento e perda de peso, emagrecer significa reduzir o volume de gordura das células adiposas do corpo. A perda de peso relaciona-se com a perda de gordura corporal e de outros tecidos, incluindo a massa magra. Estes dados demonstram que uma dieta alimentar sem o acompanhamento de uma  atividade física que proporcione um aumento da massa magra, será pouco produtiva por mão conseguir por si só, aumentar a Taxa Metabólica Basal.

Deixe o seu comentário